Pas de photo

Oui, comprei um laptop! Teve que ser com teclado frances mesmo. Mas ele é lindo! So não coloco a foto dele aqui pq não to conseguindo…unf Tenho que esperar o Arthur para ele me explicar de novo como que eu passo essas fotos para o computador (sim, eu sou meio lesada com tecnologia em geral)

Mas estou evoluindo, olha so: ja compramos o laptop e dois celulares. O do Arthur é o iPhone, pq o menino adora uma novidade tecnologica. O meu é um branquinho da Hello Kitty….hehehe. Eu, com o meu conhecimento nulo de tecnologia, escolho o aparelho pelo preço e pela aparencia, e esse era tão fofo… E o Thur disse que o aparelhinho era bom, que inclusive é melhor que o dele para tirar fotos; e ele ainda faz videos!

Tenho muita coisa pra contar, mas não tem graça sem as fotos, que ficaram no computador…do Arthur, que ele levou para o trabalho, como faz todo santo dia. O blog também esta meio capenga, preciso linkar blogs de amigos, escrever o About Me e ainda quero criar uma seção Plat du Jour. Outras coisas pendentes: comprar um mouse, ver se a HP pode trocar meu teclado ou se acho adesivos para colar nas teclas (alguém sabe onde achar isso em Paris, s’il vous plait?) Senão vou ter que continuar escrevendo assim, sem todos os acentos e mais devagaaaaaaaaaar…

Agora deixa eu parar de reclamar dessas coisinhas minimas e dar aqui um serviço pra brasileiros que vem para a Europa.

Lição n°  1: Se vc acorda no inverno e ve pela janela pessoas loirissimas e branquelas fazendo cooper de camiseta e bermuda, isso não significa que pode fazer o mesmo. Como bom cidadão tupiniquim, ignore a moda local e vista-se apropriadamente com meia calça de lã, calça por cima, blusa, blusa, blusa, casacão e aquele cachecol bem quentinho, ok?

Adendo à lição n° 1:  a regra deve ser cumprida à risca se vc tem como vizinhos os alojamentos da Noruega e da Suécia.

Anúncios

16 Comentários

Arquivado em cotidiano, lição do dia

16 Respostas para “Pas de photo

  1. Arthur

    É tão fácil pegar as fotos da maquina, mas ok, eu te ensino de novo quando voltar hoje a noite 🙂

    Nem tá tão frio mesmo hoje lindinha, vc que é muito friorenta.

    PS. Desculpa, esqueci de copiar as fotos de um computador para o outro, faço isso também hoje a noite. Beijos e mais beijos.

  2. cris

    viu só??? agora vocês me entendem quando eu digo: ‘respeitem o frio do carioca!!’ humpf

    🙂

    bisous

    • Bem entendido, agora vou respeitar o frio de 30° do carioca…rsrsrs
      Beijossssssss

      • você e a lilia são bobas, vivem rindo do meu frio… humpf, humpf procês.

        😛

        [ah, e depois me ensina a por esse lance de ‘responder’ nos comments? bisous]

  3. Marina

    Ah, Taís, quero ver o celular ad Hello Kitty! Não sabia que ela também era uma estrela em terras parisienses… 🙂 Bjo

    • Marina, vc vai amar!!! Sim, as francesas tb gostam da Hello Kitty, vejo a gatinha por toda parte aqui tb. E um fenomeno mundial, menina! Vc ve que coisa? Vou tirar foto e depois te mostro, o celular veio numa caixa da Hello Kitty tb mto fofa. Acho aue deve ter no Brasil tb, é da Samsung.
      Beijos

  4. Nara

    Oi Tais, ah vai, nem deve estar tao frio assim nessa epoca. Mas ta certo, bermuda e camiseta tambem eh demais ne! Acho o friozinho bom pra dar umas voltinhas. Ja foi no tal do Jardin de Luxemburg?Celular da Hello Kit?? Ai Meu Deus…hehehe.

    • Ainda não fui ao Jardim de Luxemburgo porque ele fica bem mais bonito na primavera, então to esperando o tempo melhorar. Ah, comi uma torta de pera daquelas que vc gosta, naquele restaurante de tortas aue eu tinha falado. Eu achei boa, mas achei o visual melhor que o gosto, sabe? Tenho a impressao de que os melhores doces são os das padarias pequenqs mesmo, e não os das lojas de rede.
      Beijos

  5. jarbas

    Filha,

    Esse negócio de saber fazer isso e aquilo com os novos artefatos é virtuosismo de engenharia. Não é necessariamente tecnologia. Esta é resultado da associação de duas coisas: ferramenta + imaginação. Não me canso de repetir isso para os meus alunos.

    Donald Norman, que já foi vice presidente de T&D da HP e da Apple, costuma afirmar que em tecnologias da informação e comunicação é preciso abrir espaço para os artistas. Os engenheiros, com seus virtuosismos, só fazem dificultar uso das máquinas. Não pensam que o essencial nos novos meios é descobrir como contar boas histórias.

    Vou encurtar a conversa e citar uma observação de Norman: o cinema só deixou de ser uma curiosidade de engenharia quando os artistas inventaram coisas tais como roteiro, tramas, tomadas etc. Foi aí que nasceu o cinema de verdade.

    Não se considere tecno-lesada. Você é pessoa com muita imaginação. E é de gente como você que surgirão caminhos para usos significativos de todos esses novos trecos. Beijo grande, Jarbas.

    • Ora pois, quer dizer então que eu não sou assim tão burralda…rsrsrs Vou guardar a observação do Norman para mostrar para a equipe de TI la do trabalho…hehehe
      Beijos

  6. Pingback: Paris vai ficando mais leve « Taís em Paris

  7. Tati

    Adorei o traje para a corrida! Bem posso imaginar o povo seminu achando que está no verão!!!
    Agora a Hello Kitty, não posso imaginar. Como uma coisa tão fofinha e indefesa pode ser assim complicada? Ah, ponto para o laptop francês!
    Beijocas
    Tati

    • Não tenho feito corrida, mas esse é meu traje para andar na rua sim. Ontem tava um sol bonito, então resolvi criar coragem e usei só uma calça de moleton e um casaquinho, mas senti frio no fim do dia, quandoo o sol foi desaparecendo. O laptop não é dq Hello Kitty não, louca, é o celular.
      Beijinhos

  8. Andre

    obs1: Engracado, agora eu uso apenas uma blusa de moleton aqui. Muitos alemaes e alemoas ainda usam cachecol e um casaco por cima da blusa de la. Dizem que nao sou brasileiro: eu agradeco, mas respondo que nao eh o caso.

    obs2: para pessoas que nao sabem escrever em portugues (exemplo: eu) teclado estrangeiro eh uma maravilha.

    • Oi Andre,
      O Arthur é igualzinho, nas duas observações. Ontem ele tava andando de camiseta na rua, enquanto os franceses estavam com aqueles casacos pesadões. Quanto ao teclado estrangeiro, ele acha que é uma ótima desculpa para poder escrever errado, sem prestar atenção nos errinhos.
      Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s