O ar de Paris

Ontem umas meninas da aula de francês comentavam que o dia estava lindo, mas reclamavam do ar de Paris. Ao que parece, todas elas têm mais rinites, alergias e doenças respiratórias aqui. Diziam que nas cidades onde moravam, no Canada, na Alemanha, na Espanha e em outros países, não tinha “toda essa poluição”. Eu comentei que comigo aconteceu justamente o contrario. Desde que cheguei aqui não tive alergia e rinite e, em São Paulo, vivo espirrando.

São Paulo é mais poluída que Paris?, pergunta a canadense, ingênua.

Digamos que…assim…um pouquinho mais. O ar é menos respirável, os rios um tantinho mais sujos, o trânsito, levemente mais irritante…Sinceramente, pra mim, quem vive em Paris tem uma super qualidade de vida e não sabe o que são os problemas de uma cidade como São Paulo, gigantesca e desigual. Enfim, não quero ficar aqui falando mal de São Paulo, porque apesar de todos os seus dramas, continua sendo a minha cidade.

So queria dizer que aproveitei o sol do dia de ontem pra dar uma passeada por ai e respirar fundo (pra pulmões paulistanos o ar daqui t mais do que bom), e ver uns lugares que ficam mais bonitos nos dias ensolarados. Decidi andar na margem esquerda do Sena, de Notre Dame até a ponte Charles de Gaulle. Aproveitei pra tirar umas fotos, que coloco aqui pra vocês verem que não minto sobre esse dia estava especialmente bonito.

pontesparis 012

pontesparis 015

pontesparis 026

pontesparis 027

pontesparis 029

Anúncios

5 Comentários

Arquivado em Paris, passeio, Uncategorized

5 Respostas para “O ar de Paris

  1. jarbas

    Oi filha,

    Ar. O que é mesmo isso? Por aqui já se fala em camadas de gases: ozônio, carbônico, metano e sei lá mais o que. Já não respiramos; processamos gases da atmosfera. Possivelmente moradores de Sampa são uma nova espécie. Aquela mutação genética que nos permite respirar qualquer coisa gasosa é elemento importante na seleção dos mais aptos a viverem neste pedaço.Fico preocupado. Esse tal de ar deve fazer mal para nós.
    Beijão, Jarbas

  2. Renata

    taíse!!! qdo for na notre dame de novo, coloca uma velinha lá por mim! bjocas e saudades

  3. Ana

    Tais, me irritam muito as cricríticas a SP e Brasil, mas cá para nós como paulistas, está dificil respirar por aqui!!!!Não vejo a hora de respirar um ar …… parisiense!!!!Afinal com a sua ajuda, já amo esta cidade sem nunca ter ido!!!

  4. Pingback: As livrarias do Quartier Latin « Taís em Paris

  5. Pingback: As livrarias do Quartier Latin « Arquipélago livros

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s